ERROS DE CONSTRUÇÃO NOS EUA (E COMO SE PROTEGER DELES)

Em construção, erros acontecem. Às vezes são coisinhas pequenas, como esquecer de cobrir as maçanetas da porta antes de pintá-las; às vezes, são erros grotescos, como construir uma casa de veraneio no lote errado; e às vezes são desastres totais, como as torres Millennium em São Francisco, que afundaram 40 centímetros e inclinaram 5 centímetros na última década.

Uma vergonha, certo? Claro, problemas como estes são raros, mas construtores e prestadores de serviços cometem erros a todo momento. Mas não se apavore, existe uma forma de minimizar suas preocupações e reduzir suas dores de cabeça.

5 Erros Comuns Na Construção

1. Utilizar as Plantas Erradas

Durante a construção, as plantas podem ser alteradas. Um quarto pode parecer pequeno ou com forma estranha, e os planos são alterados. Se estas mudanças não forem comunicadas, a repercussão pode ser péssima.

2. Assinar um Contrato Sem Ler com Cuidado

Se todos os contratos não forem cuidadosamente lidos, uma pessoa pode assinar algo que não pediu, como, por exemplo, ordenar móveis de cozinha errado e ter que refazer tudo novamente.

3. COnstrutores Atrapalhados

Máquinas de escavação podem economizar uma boa quantidade de tempo, porém, se operadas de forma errada, podem derrubar o muro do vizinho. Pintores podem deixar cair latas de tintas que danificam seu piso.

Pequenos problemas como estes podem lhe custar muito tempo e dinheiro.

4. Vazamentos de Água

Água tem vida própria, e vai inundar seu projeto sempre que um prestador de serviços fizer algo errado, como esquecer de verificar aonde estão os canos de água e esgoto antes de fazer um furo na parede com a furadeira. Imagine inundar todo o seu apartamento… e o do vizinho?

5. Definir uma Data de Conclusão

Assinar um contrato sem um data de conclusão definida é um problema. Antes de que você se dê conta, sua reforma de 1 mês pode se tornar 1 ano.

Como o Seguro “Builders’ Risk” pode lhe Ajudar

Como existem limites de cobertura em todas as apólices de seguro, uma proteção adicional deve ser contratada para garantir sua paz de espírito. Desta forma, se a Lei de Murphy bater a sua porta, sua seguradora estará pronta para lhe salvar.

Apenas com caráter informativo, aqui estão algumas estatísticas de catástrofes que vão lhe assustar. Estes são prejuízos segurados causados por:

  • chuva com trovoadas: $14 bilhões de dólares;
  • inundações: $4.3 bilhões de dólares;
  • Ciclones: $3.5 bilhões de dólares;
  • Tempestades de inverno: $1 bilhão de dólares;
  • Fogos e queimadas: $1 bilhão de dólares.

Além disso, vandalismo também pode ser um grande problema, especialmente de ladrões em busca de fios e encanamentos de cobre. A National Insurance Crime Bureau recentemente divulgou que entre 2014 e 2016 foram registrados 27,450 roubos de produtos de cobre de obras e construções.

O Que É “Builders’ Risk”?

O seguro “buiders’ risk”, também conhecido como “course of construction insurance”, é um tipo de cobertura que protege contra erros e contratempos que danificarem prédios, equipamentos de construção e materiais no aguardo de serem instalados ou entregues.

Tipicamente, esta apólice dura 3, 6 ou 12 meses, e pode ser estendida pelo menos uma vez caso a obra não tenha sido concluída. A cobertura continua por até 90 dias após a conclusão da obra ou até que o prédio ou estrutura esteja ocupada.

O que o “BUilders’ Risk” cobre?

Como tudo, você recebe pelo que você paga. Ele pode custar entre 1% e 4% do valor da construção. Quanto mais completa for a cobertura, mais você vai pagar por ela. Você pode adquirir uma cobertura especial que incluiu “tudo”, que, basicamente, cobre todas as perdas, exceto aquelas especificamente excluídas ou limitadas.

A maioria dos sinistros cobertos pelas apólices de “Builders’ Risk” são relativas a estouro de canos d’água, incêndio ou vandalismo. A maioria dos seguros não cobre desastres naturais, como inundações e terremotos. Se você vai fazer uma obra em locais que podem ter estes tipos de catástrofe, um seguro específico deve ser adquirido.

Também, o “Builders’s Risk” não cobre mão de obra obra ou design defeituosos, por que estes são problemas que normalmente só aparecem após a cobertura ter acabado.

Então, é Isso

Um prato cheio de problemas comuns na construção recebidos com um copo meio cheio. Sei que não é uma experiência muito agradável, mas se você digerir bem, pode ajudá-lo a fazer escolhas sensatas.

E lembre-se sempre: meça duas vezes; corte apenas uma; olhe para os dois lados; cheque novamente; e mais uma vez; e certifique-se de que seus cadarços estão amarrados.


Adaptado e traduzido de Embarrassing Yet Common Construction Mistakes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 × três =