APENAS HOJE

O ano de 2017 veio e se foi mas, para mim, nunca pareceu um ano novo. Mudou a data do calendário, mas, por culpa única e exclusivamente minha, meus comportamentos, ações, manias e hábitos não mudaram. Então, continuou tudo igual.

O tempo é relativo e sua contagem foi determinada pelo homem com base na ciência. A cada volta que a Terra dá em torno do seu eixo, chamou-se de dia. Quando ela contorna o Sol, chamou-se de ano. E com base nas estações climáticas do ano, subdividiu-se em mês e este, por consequência, em semanas.

Entretanto, todas estas medidas simbolizam um único aspecto: o início e o fim de um ciclo. A cada 24 horas, acordamos, vivemos e voltamos a dormir, para repetir a mesma sucessão de atividades. Dado que somos obrigados, fisiologicamente, a dormir e acordar, a diferença entre os dias está no período em que estamos acordados.

Para evoluirmos, precisamos a cada dia pensar em como poderíamos fazer algo de forma diferente. Às vezes sai melhor do que o planejado, e às vezes pior. Evoluímos em ambos os casos, pois no primeiro o resultado positivo nos faz desistir das conclusões previamente encontradas; já no segundo, aprendemos algo que não funciona, e entra para nosso conhecimento.

Muitas vezes precisamos de mais tempo para entender se algo é bom ou ruim; certo ou errado; de concluir tarefas. Por isso determinamos metas semanais, mensais e anuais. Porém, determinar metas não é o suficiente, é preciso agir.

Em 2017 passei 52 semanas dizendo que “na próxima segunda feira” começaria a ser saudável. Incontáveis dias deixando para “amanhã” algo que poderia ter sido feito três dias antes, e 12 meses mentindo para mim mesmo que “agora vai”.

O ano de 2018 já nasceu recheado de simbolismo. Um dia novo, um mês novo, uma semana nova, e um ano novo. Todos os pontos de referência que colocamos para início de dietas, empregos, comportamentos e hábitos se reuniram em um único momento. Impossível deixar para “amanhã”, “semana que vem”, “mês que vem”.

Hoje eu corri. Hoje eu recusei sobremesa. Hoje eu comecei tudo o que posterguei em 2017.

Foi um dia de somente pensar que o importante mesmo é o hoje. O ontem já passou e o amanhã é incerto. Apenas hoje podemos fazer a diferença. Apenas hoje podemos ser melhores. Apenas hoje podemos agir. Apenas hoje podemos viver.

14 comentários em “APENAS HOJE

  1. Pingback: UK Adult Phone Chat

  2. Pingback: mong mo tho de

  3. Pingback: mơ bị đòi nợ đánh con gì

  4. Pingback: mơ thấy xe đạp

  5. Pingback: mơ thấy quả bưởi đánh con gì

  6. Pingback: Intelligent automation consultants

  7. Pingback: mơ thấy sét đánh

  8. Pingback: 17.digital marketing agency in Canada

  9. Pingback: dumps hight balance

  10. Pingback: baltimore ravens cornhole boards

  11. Pingback: DevOps

  12. Pingback: Crestron CNX-BIPAD8 manuals

  13. Pingback: CICD

  14. Pingback: sexybaccarat

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

12 + 6 =