PLANEJAMENTO PESSOAL PARTE 4 – AUTO AVALIAÇÃO

Uma das coisas que mais atrasa as pessoas na hora de correr atrás de suas metas entender quem elas realmente são. Criticar ou elogiar os outros é muito fácil. O difícil é saber identificar quais nossas qualidades, sem sermos orgulhosos; e nossas deficiências, sem sermos humildes demais. A autocomiseração é um inimigo constante das pessoas que sonham mas que nunca realizam nada. Elas passam horas culpando os atores exteriores pelos seus fracassos. Em seguida, passam a dar justificativas para suas metas nunca cumpridas. E, no final, reclamam de suas vidas e tudo que às envolve.

Para que você possa sair (ou nem entrar) neste ciclo, é importante que você se avalie constantemente, identificando seus pontos fracos e reforçando seus pontos fortes. O primeiro passo neste sentido, é uma avaliação daquilo que o envolve, o mundo que está a sua volta. Quais oportunidades você vê no mundo a sua volta que pode utilizar para perseguir seus objetivos? O que pode lhe prejudicar?

Após fazer essa análise externa, você precisa olhar para si, sem humildade e sem soberba. É preciso fazer uma avaliação daquilo em que você é realmente bom e aquilo que você precisa melhor. Certamente, você já possui qualidades, conhecimentos, contatos que vão lhe ajudar nessa jornada. É necessário, então, potencializá-los. Da mesma forma, alguns conhecimentos, habilidades ou contatos específicos, você ainda pode não tê-los ou precisa melhorá-los.

Na Administração, a ferramenta utilizada para essa avaliação é a matriz SWOT, ou FOFA. Essa matriz representa suas Forças (Strenghts), Oportunidades (Opportunities), Fraquezas (Weaknesess) e Ameaças (Threats). Para desenvolver a sua  matriz SWOT, procure responder às seguintes perguntas:

Forças (Strenghts)

  • Quais habilidades/conhecimentos você possui hoje que são imprescindíveis para alcançar a(s) sua(s) meta(s)?
  • Quais contatos você possui que poderão ser úteis?
  • Como as pessoas que você deseja afetar (amigos, família, clientes, gerentes, diretores, coordenadores, alunos, etc.) com suas metas vêem suas Forças?
  • Qual a sua principal qualidade para alcançar suas metas?

Se você tiver dificuldade para listar suas Forças, peça a ajuda a pessoas próximas. Elas podem ser fundamentais nesse processo.

Uma vez estabelecidas quais são as suas Forças, você precisará fazer um plano de ação para potencializá-las. Elas serão suas maiores aliadas neste momento.

Fraquezas (Weaknesess)

  • No que você pode melhorar?
  • O que você pode evitar?
  • O que as pessoas que você deseja afetar podem ver como fraquezas que você possui?
  • Quais comportamentos, falta de conhecimento ou pessoas que você não conhece que impedem que você atinja seus objetivos?

Para ajudar a identificar suas fraquezas, pegue pessoas que você admira como exemplo. O que elas possuem de características que você acha importante para que você evolua? O que elas fazem que poderia ser útil na sua conquista de resultados?

Não esqueça de ser realista e sem soberba. Você não é a “última bolacha do pacote” e certamente tem muito o que aprender.

Oportunidades (Opportunities)

A análise das oportunidades é extrínseca. Você precisa olhar para fora, para o mundo, e identificar o que ele te oferece que pode lhe ajudar na sua caminhada.

  • Que boas oportunidades você consegue visualizar?
  • Como a tecnologia pode lhe ajudar?
  • Quais pessoas podem te conectar a outros contatos que são importantes para suas metas serem alcançadas?

Uma dica para identificar oportunidades é verificar dentro das suas Forças se algo do que foi listado pode gerar oportunidades para você. Da mesma forma, verifique se a eliminação de uma, ou mais, Fraquezas pode abrir portas para seu sucesso.

Ameaças (Threats)

  • Quais obstáculos você precisa superar?
  • Como o ambiente em que você está inserido pode prejudicar seu desempenho?
  • Alguma de suas fraquezas pode trazer ameaças para a realização de seus sonhos?

Identificar seus pontos fortes e fracos pode ser um grande desafio. Uma ótima ferramenta são seus amigos, familiares e colegas com quem você tem mais intimidade. Peça para eles ajudá-los. Mas tenha cuidado para aceitar bem as críticas e sugestões.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezessete − 1 =