Diana Krall é top demais. De longe, é minha artista preferida quando se fala em jazz. Não posso dizer que sou fã, como sou de Metallica ou Guns n Roses. Mas o trabalho dela é de extrema qualidade e não tem nenhum outro artista deste estilo de quem goste tanto. Meu primeiro contato com ela foi através do álbum “Live in Rio”. A forma como ela desenrola aquele piano e consegue deixar as músicas do Frank Sinatra ainda melhores é simplesmente inexplicável. Seu timbre de voz grave e forte deixa qualquer um abismado. Não tem as firulas enroladoras das cantoras pop de hoje em diaLeia Mais

Nem só de solos vivem os guitarristas. E James Hetfield mostra que é possível ser destaque fazendo “apenas” a base.  Vocalista e frontman do Metallica, James Hetfield é reconhecido como um verdadeiro riffmaster. Suas bases são, muitas vezes, quebradas, agressivas e melódicas. Mesmo tendo Kirk Hammett para fazer os solos de sua banda, James não fica nada atrás quando se fala em qualidade de som. Em 1996 fui apresentado ao Metallica por um colega de escola. Ouvi pela primeira vez o álbum apelidado de “disco preto”, que officialmente chama-se “Metallica”. Embalado por clássicos como Enter Sandman, Unforgiven e Nothing Else Matters, a melodia e o peso dosLeia Mais