Eu sempre defendi que um bom economista ou gestor de investimentos deveria estar na rua, vendo a economia acontecer, ao invés de ficar trancado dentro de um escritório lendo relatórios. Por isso, procuramos sempre estar em campo analisando as melhores opções para nossos investidores. Neste vlog de duas partes, acompanhe-nos na avaliação de mais um investimento. Minha Página – http://www.jevaux.com.br Instagram – https://www.instagram.com/jevaux/ Facebook – https://www.facebook.com/daniel.jevaux Linkedin – https://www.linkedin.com/in/danielduartejevaux/Leia Mais

Este ano tem sido de muito conhecimento pra mim. E certamente foi o ano que mais trabalhei nos últimos 13 anos. Não foi o ano de maiores resultados, até o momento, mas sei que o trabalho árduo paga dividendos no longo prazo. (Bonus: aprenda a buscar leads através do linkedin sales navigator). Minha Página – http://www.jevaux.com.br Instagram – https://www.instagram.com/jevaux/ Facebook – https://www.facebook.com/daniel.jevaux Linkedin – https://www.linkedin.com/in/danielduartejevaux/Leia Mais

Você já se perguntou o que poderia ter acontecido se você tivesse dito SIM para todos os NÃOS que você concedeu? Emprego, viagem, encontro. O NÃO é essencial para ser eficiente, mas o SIM pode lhe abrir muitas portas. Minha Página – http://www.jevaux.com.br Instagram – https://www.instagram.com/jevaux/ Facebook – https://www.facebook.com/daniel.jevaux Linkedin – https://www.linkedin.com/in/danielduartejevaux/Leia Mais

O investidor brasileiro vem enfrentando um paradoxo: taxa de juros baixa e poucas oportunidades na “economia real”. Na teoria econômica, normalmente, quando há queda das taxas de juros, os investidores direcionam seus recursos para a economia produtiva, a fim de realizarem maiores resultados. Entretanto, o atual cenário nacional tem impedido tal movimentação. Com a economia em frangalhos e risco político que parece não acabar nunca, os aplicadores tem buscado alternativas no exterior. É sabido que as remunerações pornográficas que temos no Brasil não se repetem nem em mercados emergentes, muito menos naqueles mais consolidados, como Estados Unidos e boa parte da Europa. Retornos Descentes FalarLeia Mais