BRASILEIROS UTILIZAM A RECUPERAÇÃO ECONOÔMICA PARA LEVAR MILHÕES PARA MERCADO IMOBILIÁRIO EM MIAMI

Em um evento realizado no dia 7 de Julho em Porto Alegre, uma das maiores imobiliárias do mundo discursou para 150 milionários da região sobre dois grandes projetos que acontecem em Miami.

A maior parte do público presente procurava projetos residenciais para aplicar seus recursos, com o valores entre $3MM e $20MM. Segundo representantes da imobiliária, o principal objetivo é proteger seu patrimônio.

Em conversa com a audiência, os corretores perceberam que, apesar da crise, existe muito dinheiro no Brasil neste momento. O grande problema é que as pessoas estão com medo e investir em qualquer coisa no país. E, à medida que a economia, lentamente, se recupera, estes investidores mais abastados procuram oportunidades internacionais para garantir maior segurança para seu capital.

Entre Agosto de 2015 e Julho de 2016, cerca de 11 mil propriedades foram adquiridas por compradores internacionais em Miami, totalizando $6.2 bilhões. Segundo a Associação de Corretores de Miami, os maiores compradores vieram da Venezuela, Argentina, Brasil, Colômbia e Canadá.

Brasileiros voltam às compras

O dólar mais forte e a desvalorização do real, em um primeiro momento, afastaram os brasileiros do mercado americano. Porém, agora, o fortalecimento da moeda americana é visto como mais uma razão para se investir no exterior.

Uma vez passado o pior momento para o câmbio, quando o dólar chegou a bater R$4,20, construtores e corretores do mercado americano acreditam que uma nova leva de investidores começa a chegar.

Segurança

Não só os fatores econômicos são vistos pelos brasileiros e demais estrangeiros que adquirem propriedades nos Estados Unidos. Além da proteção do capital, as pessoas querem fugir da violência urbana e instabilidade política.

Com isto, o perfil do investidor brasileiro nos EUA mudou. Antes, desejava-se apenas ter o imóvel no exterior. Agora, o objetivo é criar renda e possibilidades de visto.

Por este motivo, grande parte dos compradores de imóveis também fazem a aquisição de empresas ou investimentos em negócios que lhe proporcionem algum tipo de visto e, principalmente, renda em moeda forte.

Investidores mais sofisticados, ao invés de adquirir um imóvel de valor elevado, acabam por investir em 2, 3 propriedades de menor valor e colocar para alugar. De qualquer forma, o investidor latino procura retirar seu dinheiro do país de origem. “Eles preferem ter seus recursos em um imóvel em Miami do que em um banco na Venezuela”, disse um Assessor Financeiro.

Como Investir nos Estados Unidos

Se você deseja saber como investir nos Estados Unidos, baixe meu e-Book clicando aqui.


Texto traduzido e baseado no artigo original “Brazilians Using Economic Recovery to Funnel Millions Into Miami Real Estate” publicado pelo site Bisnow no dia 13 de Junho de 2017.
https://www.bisnow.com/south-florida/news/capital-markets/the-brazilians-are-coming-some-miami-real-estate-pros-see-those-investors-returning-75472?utm_content=buffera3207&utm_medium=social&utm_source=facebook.com&utm_campaign=buffer

Um comentário em “BRASILEIROS UTILIZAM A RECUPERAÇÃO ECONOÔMICA PARA LEVAR MILHÕES PARA MERCADO IMOBILIÁRIO EM MIAMI

  1. Ariel Yaari Responder

    Excelente! Realmente muitos brasileiros estao aproveitando as oportunidades de investimento nos EUA. Os que descobrem a rentabilidade com baixo risco que oferecemos na hotelaria estao muito satisfeitos e indicando familiares e amigos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 × quatro =